ENTREVISTA: Conheça o Pe. Luis Carlos Zotesso, novo pároco de N. Sra. Aparecida no Balneário - angra dos Reis.
22/01/2019 12:51 em Entrevista

Desde o ano passado, a diocese de Itaguaí anunciou, através de sua conta oficial no Facebook, a transferência do Padre Luis Carlos Zotesso de Paraty, Paróquia Nossa Senhora dos Remédios, para a Paróquia Nossa Senhora Aparecida no Balneário em Angra dos Reis.

A Cristoatividade convidou o novo pároco para uma conversa sobre sua vida, missão e as expectativa para assumir a nova paróquia. 

 

CR - Cristoatividade / PL - Padre Luis 

CR - Padre é uma alegria poder contar com a sua participação. Obrigado pelo carinho e pela disponibilidade. Nós não tivemos a oportunidade de conversarmos antes, então eu gostaria que o senhor falasse um pouco de onde vem o Padre Luis Carlos, sobre os sonhos de adolescente até chegar a entrar no seminário.

PL - Sou o Padre Luís Carlos Zotesso, nascido em Assis Chateaubriand, Paraná, onde meus pais moram até os dias de hoje. Sou o primeiro filho e desde muito criança sempre tive o sonho de ser padre. Meus pais católicos praticantes, sempre respeitando a liberdade dos filhos, muito me ajudaram para chegar à decisão de iniciar o processo  formativo. Foram anos muito intensos, com provações, mas gratificantes para se chegar ao sacerdócio.

CR - Saindo do seminário foi ordenado diácono, depois padre. Até hoje, atendeu as expectativas do jovem seminarista?

PL - Posso dizer que foi muito mais que o que sonhei, até mesmo o dia de minha ordenação, a celebração, a participação da comunidade, fez com que minha resposta, diária ao chamado do Senhor, se tornasse muito mais forte, é um desejo de se consumir pelo povo de Deus.

CR - O senhor está na Paróquia Nossa Senhora dos Remédios em Paraty, agora vai para Angra dos Reis assumir a Paróquia Nossa Senhora Aparecida. Como o senhor recebeu esse convite de Dom Ubiratan?

PL - Dom Ubiratan é sempre um pai no diálogo, na proposta que nos faz. Foi realmente um diálogo tranquilo em que vi o quanto ele confia em mim. Eu sempre me coloquei disponível, por isso não houve resistência e nem questionamentos, recebi com muita alegria e gratidão, respondendo sim no mesmo instante ao seu chamado.

CR - O senhor era vigário paroquial, agora a missão lhe chama a ser pároco. Na sua visão, muda alguma coisa?

PL - Muda a responsabilidade administrativa, o ser responsável também e dar a última palavra nas decisões necessárias. Mas sem medo, com muita disposição em servir acredito que o dia-a-dia me fará colocar em prática o aprendizado como seminarista, e como vigário que foi de muita importância nestes últimos anos.

CR - O senhor já conhece a paróquia que irá assumir? Quais as expectativas?

PL - Eu fui para uma visita depois da nomeação, e já celebrei uma Missa na última novena de Nossa Senhora Aparecida. Me agradei muito, gostei de ver um povo de fé engajado nas atividades. Sempre temos muito que somar, tenho um olhar cheio de esperança e amor, e quero continuar meu objetivo como padre: apresentar o AMOR de Cristo a cada necessidade que me trouxerem.

CR - Já pensa na primeira Missa?

PL - Minha posse será dia 8 de fevereiro às 19 horas presidida pelo nosso Bispo diocesano. E depois no Domingo é que irei presidir junto do meu povo pela primeira vez. São momentos de muita alegria, e para mim renova o ânimo em servir cada vez mais.

CR - Já existe alguma atividade, que como pároco, o senhor deseja implementar na Paróquia de Nossa Senhora Aparecida?

Minha primeira atividade será conhecer pastorais e movimentos que já atuam. E depois de alguns meses poder ver se tem necessidade de implementação de algo novo. Tenho sim alguns sonhos, principalmente a festa da Padroeira, mas preciso conhecer o sonho e a necessidade do meu povo, eles tem prioridade na vida da paróquia

CR - Entre todos os carismas que recebemos de Deus, percebemos que alguns em nós são mais latentes em nossa caminhada. O senhor diria que algum carisma se aplica melhor ao senhor?

PL - O senhor me chamou a ser bom pastor, assim como Ele é o modelo do Bom Pastor. Por isso todos os movimentos de espiritualidade me acrescentam e me fazem melhor. Eu quero viver e  ser para os paroquianos uma parte da consagração do Cálice... QUE SERÁ DERRAMADO POR VÓS E POR TODOS... Que eu seja um bom pastor para todos que de mim se aproximam.

CR - Percebemos que o Senhor faz muito uso das redes sociais. É ativo nelas. Como o senhor vê o uso da internet pela a Igreja?

PL - Uma necessidade, porém não pode substituir o contato pessoal na relação com o povo.

CR - Eu acredito que os paroquianos de Nossa Senhora Aparecida no Balneário estão aflitos por uma mensagem do Senhor. Fique a vontade, Padre.

PL - Juntos somos Igreja. Por isso sejamos fraternos, respeitosos na diversidade para juntos celebrar a cada momento, o mistério de amor em que Cristo nos uniu. Obrigado por me acolherem, e já os amo em meu coração e orações. Rezem por vosso padre. Deus os abençoe.

CR – Padre, muito obrigado por sua atenção. A Cristoatividade é um veículo de comunicação à disposição do senhor. Conte conosco. Obrigado!

COMENTÁRIOS